O Leão com Asas de Águia

Daniel 7:4 O primeiro era como leão e tinha asas de águia; enquanto eu olhava, foram-lhe arrancadas as asas, foi levantado da terra e posto em dois pés, como homem; e lhe foi dada mente de homem.

Publicado em junho 26, 2008, em Profecias de Daniel e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. HÁ MUITO TEMPO VENHO PROCURADO NA INTERNET SOBRE O SIGNIFICADO DESSE LEÃO COM ASAS, MAS NÃO TENHO ENCONTRADO RESULTADOS,POR FAVOR ME DÊEM UMA RESPOSTA!aGRADEÇO A OPORTUNIDADE.

  2. Leão com Asas de Águia
    Um leão alado é símbolo muito adequado para representar a Babilônia. O leão alado se acha nas obras de arte babilônica. Era comum a combinação de leão e águia: geralmente um leão com asas de águia, as vezes com garras ou bico; outra combinação parecida era o águia com cabeça de leão. O leão alado é uma das formas desse animal-símbolo que com freqüência se representa combatendo junto a Marduk, o deus patrono de Babilonia. Outros profetas da Bíblia também se referiram ao rei Nabucodonosor por meio de figuras semelhantes.[15] O leão como rei das feras e o águia como rainha das aves representavam adequadamente ao Império de Babilonia no apogeu de sua glória. O leão se destaca por sua força, enquanto o águia é famosa pelo vigor e o alcance de seus vôos. O poder de Nabucodonosor se sentiu não só na Babilônia, mas desde o Mediterrâneo até o Golfo Pérsico, e desde o Ásia Menor até Egito. Por isso é adequado representar o alcance do poder de Babilonia com um leão dotado de asas de águia. Ainda se traçarmos um paralelo com a profecia de Daniel 2, o primeiro império representado pela cabeça da estátua era Babilônia. Da mesma forma a primeira besta é o império de Nabucodonosor.

    [editar] Asas Arrancadas
    O leão já não podia voar como águia para atingir sua presa. Isto se refere provavelmente ao tempo quando reis menos poderosos seguiram a Nabucodonosor no trono de Babilonia, dirigentes durante cuja administração Babilonia perdeu glória e poder. Alguns sugeriram também que isto é uma possível referência à última parte da vida de Nabucodonosor, quando durante sete anos lhe foi tirado não só o poder mas também a razão.[16]

    Que eu saiba Babilonia já reinava e não poderia se levantar, portanto o primeiro animal descrito é Média e Pérsia, quanto as asas do leão é tipicamente Persa e não Babilônico, o fato é que a confusão de ambos impérios se apossarem da mesma região, muitos foram atrás da falsa interpretação de Ellen G. White, por comodidade e não pelas escrituras!

    Havia uma relação íntima entre Babilônia e os Medos e posteriormente entre os Medos e os Persas, aqui há uma linha muito tênue que possibilita falhas de interpretação…
    Leão com Asas de Águia
    Um leão alado é símbolo muito adequado para representar a Babilônia. O leão alado se acha nas obras de arte babilônica. Era comum a combinação de leão e águia: geralmente um leão com asas de águia, as vezes com garras ou bico; outra combinação parecida era o águia com cabeça de leão. O leão alado é uma das formas desse animal-símbolo que com freqüência se representa combatendo junto a Marduk, o deus patrono de Babilonia. Outros profetas da Bíblia também se referiram ao rei Nabucodonosor por meio de figuras semelhantes.[15] O leão como rei das feras e o águia como rainha das aves representavam adequadamente ao Império de Babilonia no apogeu de sua glória. O leão se destaca por sua força, enquanto o águia é famosa pelo vigor e o alcance de seus vôos. O poder de Nabucodonosor se sentiu não só na Babilônia, mas desde o Mediterrâneo até o Golfo Pérsico, e desde o Ásia Menor até Egito. Por isso é adequado representar o alcance do poder de Babilonia com um leão dotado de asas de águia. Ainda se traçarmos um paralelo com a profecia de Daniel 2, o primeiro império representado pela cabeça da estátua era Babilônia. Da mesma forma a primeira besta é o império de Nabucodonosor.

    [editar] Asas Arrancadas
    O leão já não podia voar como águia para atingir sua presa. Isto se refere provavelmente ao tempo quando reis menos poderosos seguiram a Nabucodonosor no trono de Babilonia, dirigentes durante cuja administração Babilonia perdeu glória e poder. Alguns sugeriram também que isto é uma possível referência à última parte da vida de Nabucodonosor, quando durante sete anos lhe foi tirado não só o poder mas também a razão.[16]

    Que eu saiba Babilonia já reinava e não poderia se levantar, portanto o primeiro animal descrito é Média e Pérsia, quanto as asas do leão é tipicamente Persa e não Babilônico, o fato é que a confusão de ambos impérios se apossarem da mesma região, muitos foram atrás da falsa interpretação de Ellen G. White, por comodidade e não pelas escrituras!

    Havia uma relação íntima entre Babilônia e os Medos e posteriormente entre os Medos e os Persas, aqui há uma linha muito tênue que possibilita falhas de interpretação…

  3. e qual é o nome desse bicho?

  4. É um leão alado ou grifo, representa são Marcos. Mas gostaria de mais informações!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: