Nisto Cremos

1. As Escrituras Sagradas

As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamentos, são a Palavra de Deus escrita, dada por inspiração divina por intermédio de santos homens de Deus que falaram e escreveram ao serem movidos pelo Espírito Santo. (II Pedro 1:20 e 21; II Tim. 3:16 e 17; Sal. 119:105; Prov. 30:5 e 6; Isa. 8:20; João 10:35; 17:17; I Tess. 2:13; Heb. 4:12).

2. A Trindade

Há um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, uma unidade de três Pessoas coeternas. Deus é imortal, onipotente, onisciente, acima de tudo, e sempre presente. (Deut. 6:4; 29:29; Mat. 28:19; II Cor. 13:13; Efés. 4:4-6; I Pedro 1:2; I Tim. 1:17; Apoc. 14:6 e 7).

3. Deus Pai

Deus, O Eterno Pai, é o Criador, o Originador, o Mantenedor e o Soberano de toda a criação. Ele é justo e santo, compassivo e clemente, tardio em irar-Se, e grande em constante amor e fidelidade. (Gên. 1:1; Apoc. 4:11; I Cor. 15:28; João 3:16; I João 4:8; I Tim. 1:17: Êxo. 34:6 e 7; João 14:9).

4. Deus Filho

Deus, o Filho Eterno, encarnou-Se em Jesus Cristo. Por meio dEle foram criadas todas as coisas, é revelado o caráter de Deus, efetuada a salvação da humanidade e julgado o mundo. Jesus sofreu e morreu na cruz por nossos pecados e em nosso lugar, foi ressuscitado dentre os mortos e ascendeu para ministrar no santuário celestial em nosso favor. Virá outra vez para o livramento final de Seu povo e a restauração de todas as coisas. (João 1:1-3 e 14; 5:22; Col. 1:15-19; João 10:30; 14:9; Rom. 5:18; 6:23; II Cor. 5:17-21; Lucas 1:35; Filip. 2:5-11; I Cor. 15:3 e 4; Heb. 2:9-18; 4:15; 7:25; 8:1 e 2; 9:28; João 14:1-3; I Ped. 2:21; Apoc. 22:20). Ver vídeo (Realvideo 3 minutos).

5. Deus Espírito Santo

Deus, o Espírito Santo, desempenhou uma parte ativa com o Pai e o Filho na Criação, Encarnação e Redenção. Inspirou os escritores das Escrituras. Encheu de poder a vida de Cristo. Atrai e convence os seres humanos; e os que se mostram sensíveis, são renovados e transformados por Ele, à imagem de Deus. Concede dons espirituais à Igreja. (Gên. 1:1 e 2; Lucas 1:35; II Pedro 1:21; Lucas 4:18; Atos 10:38; II Cor. 3:18; Efés. 4:11 e 12; Atos 1:8; João 14:16-18 e 26; 15:26 e 27; 16:7-13; Rom. 1:1-4).

6. Deus é o Criador

Deus é o Criador de todas as coisas e revelou nas Escrituras o relato autêntico de Sua atividade criadora. ?Em seis dias fez o Senhor os Céus e a Terra? e tudo que tem vida sobre a Terra, e descansou no sétimo dia dessa primeira semana. (Gên. 1;2; Êxo. 20:8-11; Sal. 19:1-6; 33:6 e 9; 104; Heb. 11:3; João 1:1-3; Col. 1:16 e 17).

7. A Natureza do Homem

O homem e a mulher foram formados à imagem de Deus com individualidade e com o poder e a liberdade de pensar e agir. Conquanto tenham sido criados como seres livres, cada um é uma unidade indivisível de corpo, mente e alma, e dependente de Deus quanto à vida, respiração e tudo o mais. Quando nossos primeiros pais desobedeceram a Deus, negaram sua dependência dEle e caíram de sua elevada posição abaixo de Deus. A imagem de Deus, neles, foi desfigurada, e tornaram-se sujeitos à morte. Seus descendentes partilham dessa natureza caída e de suas conseqüências. (Gên. 1:26-28; 2:7; Sal. 8:4-8; Atos 17:24-28; Gên. 3; Sal. 51:5; Rom. 5:12-17; II Cor. 5:19 e 20).

8. O Grande Conflito

Toda a humanidade está agora envolvida num grande conflito entre Cristo e Satanás, quanto ao caráter de Deus, Sua Lei e Sua soberania sobre o Universo. Esse conflito originou-se no Céu, quando um ser criado, dotado de liberdade de escolha, por exaltação própria, tornou-se Satanás, o adversário de Deus, e conduziu à rebelião uma parte dos anjos. Ele introduziu o espírito de rebelião neste mundo. Observado por toda a Criação, este mundo tornou-se o palco do conflito universal, dentro do qual será finalmente vindicado o Deus de amor. (Apoc. 12:4-9; Isa. 14:12-14; Ezeq. 28:12-18; Gên. 3; Gên. 6-8; II Pedro 3:6; Rom. 1:19-32; 5:19-21; 8:19-22; Heb. 1:4-14; I Cor. 4:9).

9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo

Na vida de Cristo, de perfeita obediência à vontade de Deus, e em Seu sofrimento, morte e ressurreição, Deus proveu o único meio de expiação do pecado humano, de modo que os que aceitam essa expiação, pela fé, possam ter vida eterna, e toda a Criação compreenda melhor o infinito e santo amor do Criador. (João 3:16; Isa. 53; II Cor. 5:14, 15 e 19-21; Rom. 1:4; 3:25; 4:25; 8:3 e 4; Filip. 2:6-11; I João 2:2; 4:10; Col. 2:15).

10. A Experiência da Salvação

Em infinito amor e misericórdia, Deus fez com que Cristo Se tornasse pecado por nós, para que nEle fôssemos feitos justiça de Deus. Guiados pelo Espírito Santo reconhecemos nossa pecaminosidade, arrependemo-nos de nossas transgressões e temos fé em Jesus como Senhor e Cristo, como Substituto e Exemplo. Esta fé que aceita a salvação, advém do poder da Palavra e é o dom da graça de Deus. Por meio de Cristo somos justificados e libertados do domínio do pecado. Por meio do Espírito, nascemos de novo e somos justificados. Permanecendo nEle, tornamo-nos participantes da natureza divina e temos a certeza da salvação agora e no Juízo. (Sal. 27:1; Isa. 12:2; Jonas 2:9; João 3:16; II Cor. 5:17-21; Gál. 1:4; 2:19 e 20; 3:13; 4:4-7; Rom. 3:24-26; 4:25; 5:6-10; 8:1-4, 14, 15, 26 e 27; 10:7; I Cor. 2:5; 15:3 e 4; I João 1:9; 2:1 e 2; Efés. 2:5-10; 3:16-19; Gál. 3:26; João 3:3-8; Mat. 18:3; I Pedro 1:23; 2:21; Heb. 8:7-12).

11. Crescimento em Cristo

Por sua morte na cruz, Jesus triunfou sobre as forças do mal. Ele, que subjugou os espíritos demoníacos durante Seu ministério terrestre, quebrantou o poder deles e garantiu Sua condenação final. A vitória de Jesus nos dá a vitória sobre as forças do mal que ainda buscam controlar-nos, enquanto caminhamos com Cristo em paz, gozo e na segurança de Seu amor. Agora, o Espírito Santo mora em nosso interior e nos dá poder. Continuamente consagrados a Jesus como nosso Salvador e Senhor, somos libertos do fardo de nossas ações passadas. Não mais vivemos nas trevas, sob o temor dos poderes do mal, da ignorância e a insensatez de nossa antiga maneira de viver. Nesta nova liberdade em Jesus, somos chamados a crescer à semelhança de Seu caráter, mantendo uma comunhão diária com Ele por meio da oração, alimentando-nos de Sua Palavra, meditando nela e na providência divina, cantando em Seu louvor, reunindo-nos para adorá-Lo e participando na missão da Igreja. Ao entregar-nos ao Seu amorável serviço por aqueles que nos rodeiam e ao testemunharmos de sua salvação, a presença constante do Senhor em nós, por meio do Espírito, transforma cada momento e cada tarefa em uma experiência espiritual. (Salm. 1:1,2; 23:4; 77:11,12; Col. 1:13, 14; 2:6, 14,15; Luc. 10:17-20; Efés. 5:19, 20; 6:12-18; I Tess. 5:23; II Pedro 2:9; 3:18; II Cor. 3:17,18; Filip. 3:7-14; I Tess. 5:16-18; Mat. 20:25-28; João 20:21; Gál. 5:22-25; Rom. 8:38,39; I João 4:4; Heb. 10:25.

12. A Igreja

A Igreja é a comunidade de crentes que confessam a Jesus Cristo como Senhor e Salvador. Unimo-nos para prestar culto, para comunhão, para instrução na Palavra, para a celebração da Ceia do Senhor, para o serviço a toda a humanidade e para a proclamação mundial do Evangelho. A Igreja é a Família de Deus. A Igreja é o corpo de Cristo. (Gên. 12:3; Atos 7:38; Mat. 21:43; 16:13-20; João 20:21 e 22; Atos 1:8; Rom. 8:15-17; I Cor. 12:13-27; Efés. 1:15 e 23; 2:12; 3:8-11 e 15; 4:11-15).

13. O Remanescente e sua Missão

A Igreja universal compõe-se de todos os que verdadeiramente crêem em Cristo; mas, nos últimos dias, um remanescente tem sido chamado para fora, a fim de guardar os mandamentos de Deus e a fé de Jesus. Este remanescente anuncia a chegada da hora do Juízo, proclama a salvação por meio de Cristo e prediz a aproximação de Seu segundo advento. (Mar. 16:15; Mat. 28:18-20; 24:14; II Cor. 5:10; Apoc. 12:17; 14:6-12; 18:1-4; Efés. 5:22-27; Apoc. 21:1-14).

14. Unidade no Corpo de Cristo

A Igreja é um corpo com muitos membros, chamados de toda nação, tribo, língua e povo. Todos somos iguais em Cristo. Mediante a revelação de Jesus Cristo nas Escrituras, partilhamos a mesma fé e esperança e estendemos um só testemunho para todos. Essa unidade encontra sua fonte na unidade do Deus triúno, que nos adotou como Seus filhos. (Sal. 133:1; I Cor. 12:12-14; Atos 17:26 e 27; II Cor. 5:16 e 17; Gál. 3:27-29; Col. 3:10-15; Efés. 4:1-6; João 17:20-23; Tiago 2:2-9; I João 5:1).

15. O Batismo

Pelo batismo confessamos nossa fé na morte e na ressurreição de Jesus Cristo e atestamos nossa morte para o pecado e nosso propósito de andar em novidade de vida, sendo aceitos como membros por Sua Igreja. É por imersão na água e segue-se à instrução nas Escrituras Sagradas e à aceitação de seus ensinos. (Mat. 3:13-16; 28:19 e 20; Atos 2:38; 16:30-33; 22:16; Rom. 6:1-6; Gál. 3:27; I Cor. 12:13; Col. 2:12 e 13; I Pedro 3:21).

16. A Ceia do Senhor

A Ceia do Senhor é uma participação nos emblemas do corpo e do sangue de Jesus, como expressão de fé nEle, nosso Senhor e Salvador. A preparação envolve o exame de consciência, o arrependimento e a confissão. O Mestre instituiu a Cerimônia do lava-pés para representar renovada purificação, para expressar a disposição de servir um ao outro em humildade semelhante à de Cristo, e para unir nossos corações em amor. (Mat. 26:17-30; I Cor. 11:23-30; 10:16 e 17; João 6:48-63; Apoc. 3:20; João 13:1-17).

17. Dons e Ministérios Espirituais

Deus concede a todos os membros de Sua Igreja, em todas as épocas, dons espirituais. Sendo outorgados pela atuação do Espírito Santo, o Qual distribui a cada membro como Lhe apraz, os dons provêem todas as aptidões e ministérios de que a Igreja necessita para cumprir suas funções divinamente ordenadas. Alguns membros são chamados por Deus e dotados pelo Espírito para funções reconhecidas pela Igreja em ministérios pastorais, evangelísticos, apostólicos e de ensino. (Rom. 12:4-8; I Cor. 12:9-11, 27 e 28; Efés. 4:8 e 11-16; II Cor. 5:14-21; Atos 6:1-7; I Tim. 2:1-3; I Pedro 4:10 e 11; Col. 2:19; Mat. 25:31-36).

18. O Dom de Profecia

Um dos dons do Espírito Santo é a profecia. Este dom é uma característica da Igreja remanescente e foi manifestado no ministério de Ellen G. White. Como a mensageira do Senhor, seus escritos são uma contínua e autorizada fonte de verdade e proporcionam conforto, orientação, instrução e correção à Igreja. (Joel 2:28 e 29; Atos 2:14-21; Heb. 1:1-3; Apoc. 12-17; 19:10).

19. A Lei de Deus

Os grandes princípios da Lei de Deus são incorporados nos Dez Mandamentos e exemplificados na vida de Cristo. Expressam o amor, a vontade e os propósitos de Deus acerca da conduta e das relações humanas, e são obrigatórios a todas as pessoas, em todas as épocas. Esses preceitos constituem a base do concerto de Deus com Seu povo e a norma do julgamento de Deus. (Êxo. 20:1-17; Mat. 5:17; Deut. 28:1-14; Sal. 19:7-13; João 14:15; Rom. 8:1-4; I João 5:3; Mat. 22:36-40; Efés. 2:8).

20. O Sábado

O bondoso Criador, após os seis dias da Criação, descansou no sétimo dia e instituiu o Sábado para todas as pessoas, como memorial da Criação. O quarto mandamento da imutável Lei de Deus requer a observância deste Sábado do sétimo dia como dia de descanso, adoração e ministério, em harmonia com o ensino e prática de Jesus, o Senhor do Sábado. (Gên. 2:1-3; Êxo. 20:8-11; 31:12-17; Lucas 4:16; Heb. 4:1-11; Deut. 5:12-15; Isa. 56:5 e 6; 58:13 e 14; Lev. 23:32; Mar. 2:27 e 28).

21. Mordomia

Somos despenseiros de Deus, responsáveis a Ele pelo uso apropriado do tempo e das oportunidades, capacidades e posses, e das bênçãos da Terra e seus recursos, que Ele colocou sob o nosso cuidado. Reconhecemos o direito de propriedade da parte de Deus, por meio de fiel serviço à Ele e a nossos semelhantes, e devolvendo os dízimos e dando ofertas para a proclamação de Seu Evangelho e para a manutenção e o crescimento de Sua igreja. (Gên. 1:26-28; 2:15; Ageu 1:3-11; Mal. 3:8-12; Mat. 23:23; I Cor. 9:9-14).

22. Conduta Cristã

Somos chamados para ser um povo piedoso, que pensa, sente e age de acordo com os princípios do Céu. Para que o Espírito recrie em nós o caráter de nosso Senhor, só nos envolvemos naquelas coisas que produzirão em nossa vida, pureza, saúde e alegria semelhantes às de Cristo. (I João 2:6; Efés. 5:1-13; Rom. 12:1 e 2; I Cor. 6:19 e 20; 10:31; I Tim. 2:9 e10; Lev. 11:1-47; II Cor. 7:1; I Pedro 3:1-4; II Cor. 10:5; Filip. 4:8).

23. Matrimônio e Família

O Casamento foi divinamente estabelecido no Éden e confirmado por Jesus como união vitalícia entre um homem e uma mulher, em amoroso companheirismo. Para o cristão, o compromisso matrimonial é com Deus, bem como com o cônjuge, e só deve ser assumido entre parceiros que partilham da mesma fé. No tocante ao divórcio, Jesus ensinou que a pessoa que se divorcia do cônjuge, a não ser por causa de fornicação, e se casa com outro, comete adultério. Deus abençoa a família e tenciona que seus membros ajudem um ao outro a alcançar completa maturidade. Os pais devem educar os seus filhos a amar o Senhor e a obedecer-Lhe. (Gên. 2:18-25; Deut. 6:5-9; João 2:1-11; Efés. 5:21-33; Mat. 5:31 e 32; 19:3-9; Prov. 22:6; Efés. 6:1-4; Mal. 4:5 e 6; Mar. 10:11 e 12; Lucas 16:18; I Cor. 7:10 e 11).

24. O Ministério de Cristo no Santuário Celestial

Há um santuário no Céu. Nele Cristo ministra em nosso favor, tornando acessíveis aos crentes os benefícios de Seu sacrifício expiatório oferecido uma vez por todas, na cruz. Ele foi empossado como nosso grande Sumo Sacerdote e começou Seu ministério intercessório por ocasião de Sua ascensão. Em 1844, no fim do período profético dos 2.300 dias, Ele iniciou a segunda e última etapa de Seu ministério expiatório. O juízo investigativo revela aos seres celestiais quem dentre os mortos será digno de ter parte na primeira ressurreição. Também torna manifesto quem, dentre os vivos, está preparado para a trasladação ao Seu reino eterno. A terminação do ministério de Cristo assinalará o fim do tempo da graça para os seres humanos, antes do Segundo advento. (Heb. 1:3; 8:1-5; 9:11-28; Dan. 7:9-27; 8:13 e 14; 9:24-27; Núm. 14:34; Ezeq. 4:6; Mal. 3:1; Lev. 16; Apoc. 14:12; 20:12; 22:12).

25. A Segunda Vinda de Cristo

A segunda vinda de Cristo é a bendita esperança da Igreja. A vinda do Salvador será literal, pessoal, visível e universal. (Tito 2:13; João 14:1-3; Atos 1:9-11; I Tess. 4:16 e 17; I Cor. 15:51-54; II Tess. 2:8; Mat. 24; Mar. 13; Lucas 21; II Tim. 3:1-5; Joel 3:9-16; Heb. 9:28).

26. Morte e Ressurreição

O salário do pecado é a morte. Mas Deus, o único que é imortal, concederá vida eterna a Seus remidos. Até aquele dia, a morte é um estado inconsciente para todas as pessoas. (I Tim. 6:15 e 16; Rom. 6:23; I Cor. 15:51-54; Ecles. 9:5 e 6; Sal. 146:4; I Tess. 4:13-17; Rom. 8:35-39; João 5:28 e 29; Apoc. 20:1-10; João 5:24).

27. O Milênio e o Fim do Pecado

O milênio é o reinado de mil anos, de Cristo com Seus santos, no Céu, entre a primeira e a segunda ressurreições. Durante este tempo serão julgados os ímpios mortos. No fim desse período, Cristo com Seus Santos e a Cidade Santa descerão do Céu à Terra. Os ímpios mortos serão então ressuscitados e, com Satanás e seus anjos, cercarão a cidade; mas fogo de Deus os consumirá e purificará a Terra. O Universo ficará assim eternamente livre do pecado e dos pecadores. (Apoc. 20; Zac. 14:1-4; Mal. 4:1; Jer. 4:23-26; I Cor. 6; II Pedro 2:4; Ezeq. 28:18; II Tess. 1:7-9; Apoc. 19:17, 18 e 21).

28. A Nova Terra

Na Nova Terra, em que habita justiça, Deus proverá um lar eterno para os remidos e um ambiente perfeito para vida, amor, alegria e aprendizado eternos, em Sua presença. (II Pedro 3:13; Gên. 17:1-8; Isa. 35; 65:17-25; Mat. 5:5; Apoc. 21:1-7; 22:1-5; 11:15).

  1. Amo as doutrinas bíblicas da igreja Adventista,ñ vejo a hora de ver essa igreja na gloria, triunfante!!!!!!!!

    • 24. O Ministério de Cristo no Santuário Celestial

      Há um santuário no Céu. Nele Cristo ministra em nosso favor, tornando acessíveis aos crentes os benefícios de Seu sacrifício expiatório oferecido uma vez por todas, na cruz. Ele foi empossado como nosso grande Sumo Sacerdote e começou Seu ministério intercessório por ocasião de Sua ascensão. Em 1844, no fim do período profético dos 2.300 dias, Ele iniciou a segunda e última etapa de Seu ministério expiatório. O juízo investigativo revela aos seres celestiais quem dentre os mortos será digno de ter parte na primeira ressurreição. Também torna manifesto quem, dentre os vivos, está preparado para a trasladação ao Seu reino eterno. A terminação do ministério de Cristo assinalará o fim do tempo da graça para os seres humanos, antes do Segundo advento. (Heb. 1:3; 8:1-5; 9:11-28; Dan. 7:9-27; 8:13 e 14; 9:24-27; Núm. 14:34; Ezeq. 4:6; Mal. 3:1; Lev. 16; Apoc. 14:12; 20:12; 22:12).Isto é heresia pura, dizem ser tão inteligentes mas ensinar que Jesus só entrou no santisimo em 1844 é a maior abrração já visto Hebreus 1.3; 9.13,14, etc…..

    • Queridos irmao nós aprendemos na Biblia que existe uma unica igreja que é a esposa de Cristo que vai no Ceu, porque se Deus dizer que a igreja tal vai o resto estarão perdidos.

      • Depende do que voce entende por igreja. A Igreja é “o povo que Deus convoca e reúne de todos os confins da Terra, para constituir a assembleia daqueles que, pela fé e pelo Batismo, se tornam filhos de Deus, membros de Cristo e templo do Espírito Santo”, para isso precisa se arrepender dos seus pecados e mudar os seus maus caminhos, serdes Santos como o vosso Pai que estas no Céu…Eu entendo como um povo lavado e remido pelo sangue de Cristo, e que ama o seu inimigo, tem compaixão do seu próximo, que bendiz o que lhe maldiz e assim por diante…ok..um abraço e fica na Paz de Cristo.

    • SÓ TRIUNFARA OS QUE GUARDAREM A PALAVRA DE DEUS , O VÉU É MANDAMENTO VC USA ? NÃO CORTAR O CABELO TAMBÉM , VC CORTA ?
      ANALISE BEM A ESCRITURAS E VERÁ .
      DEUS NÃO QUER SACRIFÍCIO E SIM OBEDIENCIA.

      • Ola, eu analisei as escrituras, não somente uma versão mas 4 versões bíblicas, e todas pelo que entendi explica que: 1º usar o véu, era porque as prostitutas tinham o cabelo raspado, por isso o do véu, para que as outras pessoas soubessem diferencia-las, no caso do corte de cabelo, diz-se que para a mulher é honroso ter o cabelo crescido,e não pecado….O texto diz de desonra e honra, e não de pecado. O que é desonra para o homem não o é para a mulher; o que é honra para o homem não o é para a mulher. Mais uma vez recorremos a Números 6. Se honra aqui, é sinônimo de pecado, como dizem os advogados do cabelo, como Deus mandaria algum homem praticar tal pecado? O texto é claro: cabelo crescido é desonra para homem. Se ter o cabelo crescido é pecado para o homem, como pode o Espírito de Deus ter se apartado de Sansão justamente quando ele deixou de praticar tal pecado? Mais uma vez vemos a incoerência de tais afirmações. Como disse o nosso Senhor: “Errais por não conhecer as Escrituras…”.

      • VC não sabe que em Coríntios diz que o cabelo da mulher foi dado em lugar do véu? Para entendermos as Escrituras precisamos de sabedoria da parte de Deus, do contrario, seremos meros cumpridores de rituais da lei mosaica abolidos por Cristo.

  2. Ola! a paz ,estive lendo sobre vocês e percebi o quanto somos felizes em pertencer a Deus.embora seja de outra denominação,tambem estou esperando o Senhor Jesus no arrebatamento da igreja.Meu coração pulsa de alegria em conhecer a Deus . fiquem na paz.

  3. hehehehe! Desculpa irmao mas essa lance de 1844 awe….afff a pessoa que acreditar nisso e tao louca quanto vcs pelo amor de Deus de onde voces tiraram isto que biblia e esta ?que viagem hauhauhaauhauahah!

    • É VERDADE MEU IRMÃO ESTE POVO É TUDO LOUCO , GUARDA O SÁBADO E NOS OUTROS DIAS FAZEM O QUE QUER , ELES ACHAM QUE O SENHOR VOLTARÁ NO SÁBADO , A BÍBLIA DIZ PARA VIGIARMOS E ORARMOS SEM CESSAR , POIS NÃO SABEIS A HORA QUE ELE VIRÁ .
      ABRAÇOS.

      • Ola, apesar de não ser adventista, acredito que o que eles fazem tbem é certo, não somente por guardar o sabado, mas pelo exemplo de custão que dão, e acho que vc esta equivocado a respeito de muitas coisas, DOGMA é DOGMA, isso é indiscutivel, eles não só guardam o sabado mas tbem guardam os demais dias da semana, o sabado é um dia especial para estudos e adoração, e olha que sou da Assembelia de Deus ( belem), sim eu acredito na salvação de muitos adventistas, pois acredito no que Cristo nos ordenou…amai uns aos outros, como a ti mesmo, se vcs só sabem acusar, falar palavras sem nexo , como podes dizer que ama o seu proximo,,,sim vigiai e orai, porque diante da morte de Cristo e sua ressurreição, acreditando na sua vinda, somos todos irmãos…

      • Marcio Da Silva tenha muito cuidado, se você lés mas a tua Bíblia saberias o certo e o errado.

        Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens.
        Marcos 7:7

        Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
        Romanos 1:25

        Olha os Adventistas estão certo.

        Por que todos que adoram no Domingo adoram o Diabo, por que isso por que no mundo as coisas estão há 2 á 2 Ex: mentira/verdade, caminho largo/ caminho estreito, homem/mulher, Um povo de Deus/ um povo de Diabo um povo que adora no sábado/um povo que a dora no domingo.

        E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo.
        Daniel 7:25

  4. Queridos, a morte não é um estado inconsciente, pois a Bíblia esta repleta de exemplos.Leia a parábola do rico e do Lázaro, o ladrão da cruz. O corpo dorme mas o espírito é consciente.Falar uma coisa desta é tirar a esperança dos Crentes,é neutralizar o sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário. Leia também Apocalipe 6.9-11. Só este exemplo já refuta esta hipótese.

    Deus abençoe.

    • genival moreira

      o senhor deve ser pastor de bode.rsrsr.se converte,vc esta pregando mentira,estude a biblia.e vc vera toda a verdade.

    • Meu amigo, como Pastor deve saber que uma das regras de interpretação Bíblica é NUNCA fazer de uma PARÀBOLA que é simplesmente uma ESTÓRIA com fundo moral, uma DOUTRINA portanto a que se refere não tem valor doutrinário, e sobre Apoc 6, veja o contexto e entenderá que é simbólico e não literal ,vá no original greg opara entender PNEUMA como fôlego de vida.

  5. benedito de assis

    Com a santa paz de Deus. Bom dia que a paz esteja em vossos corações.

  6. Muito bom, QUE O SENHOR DEUS TODO PODEROSO, ABENÇOE ESTE MINISTERIO.

    OBRIGADO

  7. Amo o povo de Deus, e sei este povo é mais que vencedor, fico feliz pelo saite, que tanto nos abençoa.

  8. Criticar o trablaho dos outros é facil, pois olhamos para tras e não vemos que não deixamos nada. não
    criamos e quando alguem cria um site para falar do
    Senhor JESUS que na minha opinião não tem palavras para expressar, como é dificil fazer.

    que Deus abençoe

  9. Claudio Maquiaveli

    olá pessoal, amigos e irmãos em Cristo Jesus.
    por que tanta polemica sobre guardar sabado ou domingo.
    se para nós que confessamo o Cristo como nosso salvador ja
    não á condenação por que por ele fomos justificado,e, ele morreu para que nele se cumprice todo os rituais das leis que Deus estabecera aos judeus e que nào tinha nelas o poder de salvação pois pela lei os judeus não puderam ser justificados
    e estão esperando que Deus os redimes creio que guardar sabado ou guardar domingo não faz diferença pois a biblia nos diz que devemos nos santificar todos os dias.Eu fico com a palavra que se encontra em atos dos apostolos
    ( cap.15.vs1/31) pois essa é a lei para nós gentios pois em Cristo já estamos salvos e justificados.
    Olha que maravilha
    28 Porque pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas necessárias:
    29 Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição; e destas coisas fareis bem de vos guardar. Bem vos vá.

  10. Bem ótimo,qquer dia basta então, ou nenhum dia, como sua resposta se baseou corretamente na Bíblia, vou usá-la para responder a VC – Atos 2:10 em diante responde bem, alí diz seremos julgados pela LEI e diz ainda que esta é LEI da liberdade e menciona mandamentos inclusos nos DEZ, que também nos diz para lembrar e guardar o sétimo dia da semana que é o Sábado. Diz alí ainda que para DEUS, DEZ é o mesmo que ZERO qto aos mandamentos. ou seja, se falhar em um é culpado de todos. O q vc diz.?
    No Céu haverá Sábado (Isaías 66:22,23) se Vc quer ir pro Céu tente se acostumar com o Sábado!!!

  11. Olá meu querido amigo Jairo Serafim,vc confundiu a passagem bíblica,o texto q fala sobre a guarda dos Mandamentos é Tiago:2:10-12.Gostaria de lembrar o meu irmão Claudio Maquiaveli q o Sábado do Sétimo Dia não tem nada a ver com cerimônia,pois Ele está incluso nos dez Mandamentos que é a imutável Lei de Deus(Salmos.119:96 versão Thompson).Se vc estudar a Bíblia com cuidado verá a diferença entre sábado cerimonial,e Sábado moral ou semanal,pois o povo Hebreu tinha 7 festas anuais,e no dia q caía essas festas era considerado sábado,podia ser qualquer dia da semana,mas era um dia especial de descanso,levitico.23:31e32, leia todo capitulo de lev.23(todos esses dias de festa era considerado sábadoCERIMONIAL, e faz parte da lei cerimnial a qual foi Moisés que escreveu(Deuteronômio.31:9).E a Lei dos Dez Mandamentos foi escrita com o dedo de Deus Êx.31:18,é la que está o Sábado moral ou semanal o Sétimo Dia da semana,Esse foi guardado antes do pecado(Gênesis.2:1a3, foi guadado por todos os Santos Profetas.Isaías.8:20 por JESUS.Mateus.5:17a19 e pelos Santos Apótolos.Atos.18:4;17:2;16:13; 1ºJoão.3:4;2:4; Apocalipse.14:12;12:17 e será guardado na Nova Terra.Isaías.66:22e23.O Sábado é um Mandamento pra todos os homens em todas as épocas,perceba que o Sábado foi criado por causa do homem, e não por causa dos Judeus.Lembre-se: A última perseguição desse planeta será contra aos que guarda os mandamentos e não tem o sinal da besta.Apoc.12:17 e 14:12.Perceba que esse Mandamento(Sábado)é um sinal do povo de Deus.Ezequiel.20:12 e 20.Um abraço! Reflita sobre isso,JESUS te ama.

  12. Enylson Nahor Peno

    Olá irmãos!
    Tenho uma enorme dificuldade para conciliar a Lei do Sábado com os ensinos e práticas de Jesus Cristo.
    O próprio Jesus disse que o sábado foi estabelecido por causa do homem (entendo que seja para servir ao homem) e não o contrário como está sendo ensinado, o homem por causa do sábado (o homem ser escravo servindo o sábado). Quando Jesus diz ser Senhor do sábado entendo que esteja querendo que entendamos que só entraremos no verdadeiro descanso através do Senhor Jesus e não através do sábado, pois ele é Senhor e não o sábado (Mc.2:27-28 e Hb 4:1-12).
    Como entender a Lei do sábado como sendo ensinamento de Jesus quando no evangelho de João Jesus fala claramente que o Pai trabalha no sábado e Ele também e por esta razão os judeus decidiram matá-lo (João 5:14-18). Será que não estamos agindo exatamente como os judeus da época exigindo que se guarde o dia de sábado?
    Será que a parte da Bíblia que diz que se a justiça de Deus é mediante a Lei, Cristo morreu em vão (Gálatas 2: 16:21) não é inspirada por Deus?
    Será que a guarda do sábado é a verdadeira marca do cristão autêntico quando a Bíblia afirma categóricamente que a marca do cristão é o Espírito Santo? (Efésios 1:13-14; Romanos 8:1-11).
    Como gostaria de ter estas dúvidas esclarecidas a partir do texto bíblico, se puder me ajudar eu agradeço.
    Abraço e que Deus nos dê sabedoria para entender

    Enylson Peno.

    • Enylson,

      Jesus NUNCA ensinou que a Lei de Deus foi abolida, ou que não deveria ser cumprida. Ele mesmo disse que veio cumprir a Lei e nos ensinar a forma como ela deve ser guardada. Jesus era contra os fariseus que faziam do santo sábado um fardo difícil de se carregar, e os ensinou como se deve guardar este dia santo, fazendo o bem ao nosso semelhante, e não cuidando dos próprios negócios neste dia especial. O sábado foi instituído por Deus ao término da criação, neste dia o Senhor descansou e abençoou este dia…o sábado foi dado aos nossos pais no ÉDEN, para a raça humana, para o homem no sentido genérico, não apenas para o povo judeu. O sábado faz parte da santa lei de Deus os 10 mandamentos, e assim como os demais 9 mandamentos não foram abolidos, o sábado também não o foi, Jesus disse que o céu e a terra passariam mais nem um jota ou til cairiam da lei de Deus, que é santa, justa e perfeita, e funciona como um espelho para apontar ao homem seus pecados.

      Por favor leia os seguintes estudos, se restar alguma dúvida estamos a disposição para esclarece-las:

      10 Razões porque o sábado não é apenas para os judeus
      Por que, Deus disse, Lembra-te?
      Seria a obediência um ato de legalismo?
      Um grave desafio a Autoridade Divina
      Os dez mandamentos, um retrato de Deus
      Os dez mandamentos permanecem
      O que foi abolido na cruz

      Deus o abençoe irmão !

    • Meu querido irmão, gostaria de dizer que a intenção não é impor a guarda do sábado a ninguem, pois Deus respeita e concede o livre arbítrio aos seus filhos. Do contrário já teria destruido esta terra , mediante tamanha desobediência a sua palavra e estatutos.
      Deus se agrada que a obediência a sua lei seja por amor, se não o é, melhor que não se faça, “se me amardes guardareis os meus mandamentos”, o próprio Paulo disse que tinha prezer na lei de Deus, agora se a lei foi abolida, então é simples, estamos livres para cometer qualquer ato ilícito, não tem nada dizendo que é errado. É mesma coisa que estar trafegando em uma rodovia sem sinalização, qual é a velocidade permitida? Posso dizer assim… “não tem lei não tem multa”. Paulo diz: “O pecado é a transgressão da lei”, se não existe lei, não existe pecado. Espero que tenha ajudado voçe compreeender melhor este assunto, pois está longe do meu pensamento e de qualquer adventista, condená-lo a perdição por causa do sábado (se alguém fizer isto está errado e não demoonstra o amor de Deus), queremos apenas expressar e obedecer qual é a perfeita vontade do Senhor, e seu jugo é manso e suave!!!
      Um feliz sábado e a paz do nosso Senhor Jesus!!!

    • Querido amigo,

      Vc fez transparecer que entende que o Sábado parece que Vc está debaixo da lei, que Jesus é o Senhor até do Sábado, e é mesmo, claro, Ele estava na Criação.
      O que foi dito ali então, “Eis que tudo é muito bom” portanto agora no sétimo dia, será dia Santificado e de descanso.. Em Tiago 2>10 é dito que a Lei que nos julga, é também a Lei da liberdade, e diz que se Vc não cumprir um dos mandamentos será culpado de todos. Veja só Lei da Liberdade, mostra que é os DEZ Mandamentos, e que é a base do nosso julgamento, Pergunto se é a LEI base para o julgamento, como pode ter sido abolida, e se é para guardar todos os mandamentos como o Sábado pode ficar de fora? Outra coisa no Céu teremos também o Sábado (Isaías 66:22 e 23) Se Vc quer ir para o Céu, vá se acostumando com a guarda do Sábado, pois é parte de nossa eternidade. Tente entender um DEUS que tudo criou, que intercede por Nós, que morreu por Nós, este mesmo DEUS diz em Apocalípse 12:17 – 14:12 – 19:10 que o Seu povo tem características e analise esta para ver quão claro é. Deus te abençõe !!

  13. Pois bem sabemos que Cristo morreu numa sexta feira e resuscitou no domingo como o primeiro dia da semana mediante o calendario Romano no qual nos seguimos .
    E em Atos 20:7 esplica melhor sobre isso se queremos saber melhor pois eis que há lei Mosaica foi uma lei preparatoria para o povo e foi cumprida pelo Cristo e hoje h´´a uma nova lei há lei Cristã no qual restabeleceu Cristo há que deu á lei á Moisês.Tiago 1:25,26

  14. Fale-me sobre o arrebatamento e a grande tribulação. Obrigado

  15. Por gentileza, fale-me sobre o arrebatamento ea grande tribulação. Obrigado

  16. Acredito que todos estão caminhando a rumo a verdade porem, vejo que poucos estarão diante do PAI, visto que receberam a LEI e não entenderam, receberam as orientações do filho (CRISTO) e não aceitaram, perseguem aos que estão no caminho certo e se justificam com uma teologia Romana com enteresses Romanos, independente o que aconteça persista em seguir ao SENHOR.

  17. A Paz Irmaos, eu Moro em um pais que o ano fiscal. Comeca no mes cinco
    O ano letivo no mes 4
    E a semana de trabalho para muitos na quinta(renso)
    Na Franca o ano letivo Comeca ou termina em setembro
    Gn 2-2 e have do Deus (acabado )NO DIA SETIMO a sua …….descansou no SETIMO dia….
    Eu procure trabalhar so seis Dias por semana . No SETIMO so para JESUS

  18. deus é tudo para mim. quando deus voutar poucos subirão com ele, i muitos ficarao pq? nao forao fiel a ele.ele feis tudo ele é o criado di tudo…. isso e vedades ti amo deus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: